Sobre os noivos / Om de forlovede

Como é bom recordar! Conheça os detalhes da nossa caminhada até esse grande sonho do nosso casamento.

Nossa história começou às vésperas do Carnaval de 2015, nos conhecemos através de um amigo comum numa festa de pré-carnaval no Vidigal. Esse mesmo amigo organizou tudo para que nos reencontrassemos no sábado de Carnaval na Sapucaí.

O nosso reencontro aconteceu coincidentemente no dia 14 de fevereiro (dia dos namorados para muitos), e lá, no meio da folia e grandiosos desfiles de carnaval, o primeiro beijo. Nos dias seguintes nos encontramos para seguir os blocos e curtir a folia, mas após a quarta-feira de cinzas fui para São Paulo e só nos revimos no outro fim de semana. De lá para cá foram muitos encontros, trilhas e viagens.

Porém em Setembro algo inesperado aconteceu... A empresa dele decidiu que deveria retornar para a Noruega, e diante da atual situação petrolífera e econômica só me restou apoiá-lo. Em Novembro ele se foi...

E aí começaram alguns conflitos pessoais sobre como iríamos lidar com tal situação, além (é claro) daquela pressão familiar, o famoso: E aí???

Mas em Dezembro fui atrás, e passamos 30 maravilhosos dias na Noruega.

No Natal com a família dele que ansiosamente aguardava o PEDIDO, assim que ele foi me entregar o meu presente de Natal todos sacaram seus celulares e câmeras... Mas não foi desta vez.

Veio o Réveillon e com ele, minha mãe, tias e tio para reforçar a pressão, mas também nada foi resolvido.

E quando festejávamos nossos 11 meses de namoro (é, somos desses), ele me deu um anel de compromisso.

Em Maio de 2016, ele veio me visitar, e durante a celebração do Dia da Constituição Norueguesa, 17 de Maio, ele me levou para perto da piscina da Sjømannskirken (Igreja Norueguesa para Expatriados) e fez o pedido, ou quase, acho que na verdade ele só falou e colocou o anel no meu dedo, mas está valendo (rsrsrs).

E assim começaram os nossos preparativos.

Imagem Sobre